Subscreva a nossa newsletter e receba as últimas novidades no seu email.

logo CEGAA

SFbBox by PSD-Loft.com Website

12ª edição do Motorclássico levou 40 mil à FIL

A Feira Internacional de Lisboa (FIL) recebeu, de 8 a 10 de abril, a 12ª edição do Motorclássico – Salão Internacional de Automóveis e Motociclos Clássicos.

O evento, ao qual a ARAN voltou a associar-se, que registou, de novo, uma grande afluência de público, com mais de 40 mil visitantes ao longo dos três dias de evento. “O êxito da 12ª edição do maior evento português relacionado com a temática dos clássicos e da história automóvel confirma assim a grande adesão de aficionados e do público em geral ao universo dos clássicos e a vitalidade do mercado”, refere o comunicado da organização.


Automóveis históricos e desportivos, raridades e veículos de culto, duas exposições temáticas, um leilão de automobilia e nove passeios de clássicos foram alguns dos ingredientes de uma programação que conquistou público e expositores. Salvador Patrício Gouveia, da organização do Motorclássico, faz o balanço da edição deste ano: “Sabíamos que ia ser uma edição forte, e superámos as nossas expectativas, com mais de 180 expositores reunidos na FIL e mais de 40 mil visitantes. Estamos muito satisfeitos: tínhamos uma programação atrativa e variada que soube conquistar aficionados e público em geral, e conseguimos criar, de novo, um clima vibrante para o mercado dos clássicos”.
“Gerou-se uma dinâmica muito positiva, que confirma a vitalidade do mundo dos clássicos em Portugal e o seu enorme potencial de crescimento. O mercado está em boa forma e fizeram-se bons negócios, confirmando que a paixão pelos clássicos está viva. Nota-se um grande entusiasmo, tanto por parte dos colecionadores de sempre, como de novos aficionados, e esta energia é um estímulo para nós”, conclui.

 

BMW e Vespa em destaque

 

Entre os destaques desta edição, são de salientar as exposições temáticas dedicadas ao centenário da BMW e aos 70 anos da Vespa, que conquistaram o público. Como já é tradição, não podia faltar um automóvel histórico de grande relevo, e o Rolls-Royce Phantom III de 1937, doado pela Presidência da República ao Museu do Caramulo e que transportou a Rainha Isabel II e o General Eisenhower, entre outras figuras históricas, nas suas visitas a Portugal, foi uma das grandes atracções do Salão. No capítulo dos super desportivos, um Lamborghini Miura de 1971, do qual foram fabricadas apenas 150 unidades, fez “parar o trânsito” no stand do Museu do Caramulo.
Ao longo desta 12ª edição do Salão Motorclássico decorreram ainda vários eventos como concentrações e passeios de motos e automóveis, um Leilão de Veículos Clássicos & Automobilia e o Salão Motor Racing, dedicado ao mundo da competição, que decorreu em paralelo durante os três dias. O Salão Motorclássico é organizado pelo Museu do Caramulo em parceria com a FIL – Feiras Congressos e Eventos.